Você fez a escolha certa!

De olhos abertos não o encontramos em nenhum lugar,de olhos fechados ele está em todos os cantos.

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Morte ao Romance

Não deixe que o medo da solidão
Faça você dizer,eu te amo
No fim do romance
Você está tão sozinho
Quando começou
Usar o outro como sua bengala
Não é honesto para ambas partes
Esta na hora de caminhar sozinho
E acredite um dia
Tera que fazer esta escolha
Quem fala agora não é um coração ferido
Nem magoado ou rancoroso
E só alguém que entendeu
Que o amor,e como flor no jarro de agua
Que quando se corta a flor de seu ambiente
Ela durara só por alguns dias
Assim é o amor
Quando se tira alguém de sua vida
Se no relacionamento não tiver
Uma terra para poder florescer
De nada adianta cuidar um dia ele vai morrer
E o amor não pode ser comprado como
As flores de plasticos
Assim os relacionamentos que não morrem
Mas estão só na estetica
Como uma flor velha e resssecada
Desgastada pelo tempo
Um ralacionamento assim
É só perca de tempo
Morte ao romance
E aos romancistas
A realidade nos mostra
Que a matematica dos amantes
Unir o coração de 2 em 1
É totalmente irracional
Porém vale a pena correr este risco
Mas não deixe que o medo da solidão
Faça você dizer,eu te amo
No fim do romance
Você está tão sozinho
Quando começou

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Wládia

Depois de tanta descrença
Volto a ter um mínimo de esperança
Porque você mexe comigo
De um jeito que me faz sentir vivo

Dá medo
E talvez eu não seja
O que você precisa

Eu só quero estar
Perto
Morando distante
Mas não me sinto só
Por que você está comigo

Você reclama
Chora e faz pirraça
E eu não consigo deixar
De achar graça

Eu te entendo
E sei
Que garotos,são só garotos
Perto de uma mulher

Eu não sei se sou digno
Deste amor
Mas eu só quero estar por perto
Porque você sempre está comigo

Descanse nos meus braços
Amanhã será melhor
Pós tocarei na sua porta
 Atrás dos seus abraços









terça-feira, 26 de setembro de 2017

Guarda-chuva

Pensei que era possível
Voar de guarda-chuva.
Mas, na verdade,
Ele se abriu...

Ele caiu.
Eu e ele fomos juntos,
Caindo de cara com a verdade.

Percebi que nunca ia chegar
Onde eu queria...
E fui me consolar
Em outros lugares.

Nadei nos mares,
Corri nas praias,
Subi as montanhas...

Mas, mesmo assim...
Não deixo de sonhar
De voar de guarda-chuva.